fbpx

Por quanto tempo posso armazenar um vinho?

Por quanto tempo posso armazenar um vinho?

Por quanto tempo posso armazenar um vinho?

Hoje em dia, investir em vinho já não é mais um passatempo de elite. Existem bolsas de valores de vinhos, fundos de investimentos específicos no assunto e soluções profissionais de armazenamento das garrafas à medida que elas envelhecem.

A Gazeta do Povo escreveu uma matéria muito interessante sobre investir em vinhos raros  e o Bloxs também publicou uma matéria recentemente sobre o assunto  Mas o que é crucial para se poder armazenar vinhos por um longo tempo? Por quanto tempo posso armazenar um vinho?  O armazenamento e o potencial do vinho têm muitas nuances. Entre os fatores mais importantes que influenciam o potencial do vinho estão, entre outras coisas, a variedade da uva, a área, a safra e, não menos importante, o produtor. Neste artigo, assumimos que todos os vinhos são armazenados em condições ideais; no escuro, em aproximadamente 13ºC e com uma boa umidade de 70%. Para que um vinho amadureça, ele deve conter os componentes-chaves para sua preservação. Os fatores óbvios para preservar o vinho são álcool, açúcar, ácido e tanino. Infelizmente, não é tão simples que se possa simplesmente medir os quatro elementos e, assim, tirar uma conclusão. Frequentemente, vários fatores menores podem entrar em jogo, especialmente o fator “Equilíbrio”. Historicamente, o vinho tinto de Bordeaux é um vinho clássico para envelhecer. Em safras antigas, a quantidade de taninos secos era tão intensa que os vinhos não podiam ser apreciados antes dos 10 anos de idade. Hoje a vinificação é melhor e mais controlada, dessa forma a estrutura dos taninos é muito mais suave e os vinhos podem ser apreciados mais cedo. Os primeiros Cabernet Sauvignons da Califórnia eram completamente diferentes do que se conhecia historicamente em Bordeaux. Questionado se eles poderiam durar no longo prazo, o produtor Robert Mondavi, referindo-se a seus vinhos de Cabernet Sauvignon de Napa Valley, respondeu:

“Se houver equilíbrio no vinho desde o início, então o vinho se desenvolverá bem no longo prazo”. A história mostra que ele estava certo! Hoje, mesmo as versões com 30 anos desses vinhos têm um sabor excelente, mesmo sem os taninos secos como conservantes.

.
Na Rootstock Vinhos temos uma seção exclusiva de Fines Wines que podem ser um ótimo investimento.

1. A curva de desenvolvimento do vinho

Cada vinho tem uma curva de desenvolvimento única, a qual é determinada pelos fatores acima. Se formos generalizar, a maioria dos vinhos já estão ótimos quando chegam ao mercado. Já, os grandes vinhos tendem a se “fecharem”, e a fruta parece menos evidente. Muitas vezes, durante este período, os vinhos parecerão secos e chatos em sua expressão. No entanto, os grandes vinhos retornam, e revelam muitas notas fantásticas. A fruta aparece, o vinho se abre e se equilibra. Daqui em diante será acessível e chegará ao seu platô. O platô será um período em que o vinho não evoluirá muito mais, porém neste período todos os elementos aparecem em equilíbrio. Aqui o vinho pode permanecer alguns ou muitos anos. Eventualmente, o vinho entrará em declínio de forma lenta. No começo, ele perderá o fôlego e se tornará opaco, e então ao final ele se transformará em vinagre – o estágio em que todo o vinho termina.

2. Recomendações para quando beber o vinho

Quando se trata de fazer recomendações sobre quando um vinho deve ser bebido, se faz em termos gerais para áreas e safras típicas, pois há uma infinidade de exceções. Em primeiro lugar, existem três estágios de desenvolvimento que podemos medir a partir do ano da colheita:

  • No-touch: Momento em que o vinho ainda não se apresenta por completo e não é recomendado bebê-lo.
  • Platô: quando o vinho realmente aparece e tem o melhor sabor – também conhecido como “janela de consumo”
  • Downhill: Momento em que os primeiros vinhos da categoria começam seu declínio em termos de sabor

Nota: Alguns dos melhores vinhos, em todas as categorias, podem ter uma janela de desenvolvimento que excede significativamente essas janelas gerais.  

3. Por quanto tempo posso armazenar um vinho?

Vinho NO TOUCH PLATEAU DOWNHILL
Bordeaux, Medoc, Classificado 10 anos 20-50 anos 30 anos
Bordeaux, Pomerol & Saint-Emilion 8 anos 10-40 anos 25 anos
Borgonha, Grand Cru (tinto) 10 anos 10-30 anos 20 anos
Borgonha, Premier Cru (tinto) 6 anos 7-20 anos 12 anos
Itália, Piemonte Barolo 12 anos 15-50 anos 30 anos
Itália, Toscana 8 anos 10-30 anos 25 anos
Napa Valley, Cabernet Sauvignon 8 anos 8-30 anos 15 anos

 

4. O que a fase de desenvolvimento do vinho significa para o potencial de investimento?

Para a maioria dos grandes vinhos, você verá que o preço aumenta com o desenvolvimento do vinho. Bons vinhos com uma longa vida geralmente terão preços mais elevados do que vinhos com menor potencial de armazenamento. Esteja especialmente ciente de que nos primeiros 2 anos após o lançamento, haverá apenas um aumento marginal – se houver algum.

  • Após os primeiros anos, sem nenhuma escalada significativa, você começará a ver que o preço aumenta de acordo com o interesse pelo vinho. Para a maioria dos vinhos propícios ao investimento, você percebe que quanto mais perto se chega do platô do vinho – a janela de consumo – maior é o interesse e, portanto, também a demanda, o que faz o preço subir.
  • Em vinhos que você vê um grande consumo e pequenas produções – por exemplo, a maioria dos melhores vinhos da Borgonha – você descobrirá que o preço também aumenta à medida que as pequenas quantidades desaparecem do mercado.
  • Mesmo quando um vinho, após muitos anos, começa a se aproximar do fim de sua janela de consumo, não se deve temer o investimento. Nessa época, o vinho, muitas vezes, será tão raro no mercado e tão difícil de obter que provavelmente manterá seu preço.
  • Não menos importante, para os colecionadores, o vinho ainda será extremamente interessante – mesmo quando a janela de consumo passou e o vinho está em declínio. Em alguns vinhos, o valor sentimental, e o fato de ser tão raro, pode significar que continue a subir de preço, embora o conteúdo da garrafa já não seja o ideal.

Será que agora você é capaz de responder nossa pergunta? Por quanto tempo posso armazenar um vinho?

5. Abaixo listamos 2 dicas importantes para você armazenar seus vinhos:

1. Local

Escolher o local certo, irá determinar a qualidade dos vinhos guardados. Abaixo fizemos um checklist para você garantir que encontrou o local ideal:

  • O local é protegido da luz, tanto solar, como artificial.
  • É um ambiente livre de odores.
  •  Não há vibração no local para os vinhos.
  •  A temperatura é fresca, entre 12ºC e 14ºC, sendo constante, independente do ambiente externo.
  •  A umidade fica em torno de 70%, ou seja, não é seco nem muito úmido.
  • A ventilação é adequada, isso irá evitar o aparecimento de fungos. 
  • Não precisarei trocar os vinhos de lugar até o dia de abrir as garrafas?

Se sua resposta for sim para todas as perguntas, seu local escolhido é ideal.

2. Posição

Há argumentos intermináveis sobre esse tema. Especialistas dizem que não é necessário armazenar vinho na horizontal. Outros dizem que isso é extremamente importante. As dicas que a Rootstock Vinhos considera importante:

  • Vinhos tintos com rolha de cortiça devem ser guardados deitados, principalmente se forem vinhos de guarda, aqueles que ficam melhores com o tempo. A rolha em contato com o vinho, impede a entrada de ar na garrafa, evitando que o vinho oxide, afetando cor, sabor e o aroma.
  •  Vinhos com rolha sintética ou com tampa-rosca, podem ser armazenados em pé, sem prejudicar a qualidade da bebida. Aproveitando, já reforço aqui que a tampa-rosca também é utilizada em vinhos de longa guarda e é uma excelente opção de vedação.

De qualquer maneira, seu Sommelier sempre poderá ajudá-lo a escolher os melhores vinhos para envelhecer em sua adega (de acordo com seu gosto pessoal) e também poderá dar dicas de quando abrir estes exemplares. Conte conosco!

Outros materiais recomendados para você:

5 Vinhos Argentinos que Vale a Pena Conhecer Pinot Noir Chileno da Casa Viva Wines Vinho em Lata: vinhos e espumantes em lata são tendência para o verão Agora que você já sabe como armazenar, acesse nossa loja e garanta seus vinhos!

Share this post

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Iniciar Conversa
Precisa de ajuda?
Hey! Aqui é o Marco.

Como posso te ajudar?