fbpx

Vinícola Marchesi Antinori: 10 coisas sobre o templo do vinho na Toscana

Vinícola Marchesi Antinori: 10 coisas sobre o templo do vinho na Toscana

Vinícola Marchesi Antinori

1. Uma história longa e bem estabelecida

A história da empresa Marchesi Antinori remonta a 1385, quando Giovanni di Piero Antinori tornou-se membro da Arte Fiorentina dei Vinattieri. A família produz vinho há 26 gerações, tornando a Antinori a décima empresa familiar mais antiga do mundo.

 

2. Um histórico inovador

Sofa da Loja da Vinícola Antinori
Sofa da Loja da Vinícola Antinori

Em 1900, Piero Antinori comprou vários vinhedos na região de Chianti Clássico, incluindo 47 hectares em Tignanello. Seu filho Niccolo escandalizou positivamente a Toscana em 1924 ao fazer um Chianti contendo variedades de uvas de Bordeaux, e ele continuou a experimentar com novos cortes, tipos de barris, controle de temperatura e envelhecimento em garrafa. Niccolo se aposentou em 1966, passando as rédeas para seu filho Piero, que provou-se pioneiro também. Investigou a colheita precoce de uvas brancas, diferentes tipos de barricas, cubas de inox e a fermentação malo-lática de vinhos tintos.

 

3. Suas criações da década de 1970 foram revolucionárias

O vinho emblemático de Piero Antinori, Tignanello, apareceu pela primeira vez em 1974 e causou sensação graças ao uso de Cabernet Sauvignon em um corte com Sangiovese e com sua prática de envelhecimento em pequenas barricas francesas. Antinori foi acusado de traição vínica, mas, mesmo assim, cortes envelhecidos em barrica de Sangiovese e Cabernet logo começaram a aparecer em toda a Toscana.

 

4. Não é o Supertoscano original

Vinícola Antinori Barris de Vinho
Vinícola Antinori Barris de Vinho

Essa honra vai para Sassicaia. Mas Tignanello, da Antinori, foi o responsável por realmente sacudir a indústria do vinho italiana, levando a mudanças de longo alcance nas regras e atitudes. O primeiro Tignanello usou Cabernet Sauvignon, que não é nativo, por exemplo, e a partir de 1975 nenhuma uva branca foi usada no corte – muito contra os regulamentos italianos da época. A região agora está repleta de imitações de Tignanello.

 

A Juliana Tudgay, sommelier da Rootstock Vinhos, falou um pouco mais sobre o Tignanello em nosso canal do YouTube:


5. Uma segunda estrela

Apesar de alguma contrariedade entre os puristas da época, Piero perseverou e em 1978 lançou o Solaia – contendo 80% de Cabernet Sauvignon – de um vinhedo vizinho. Enquanto as uvas para o Tignanello são plantadas em encostas suaves de xisto e calcário voltadas para o sudoeste, Solaia é conhecida como ‘a ensolarada’, pois recebe mais sol que o restante dos 300 hectares de vinhedos de Antinori.

 

6. Possui uma série de novidades históricas

Solaia foi o primeiro vinho italiano a ser nomeado o “Vinho Número Um do Mundo” pela Wine Spectator em 1997, enquanto em 1985 Piero foi o primeiro italiano a ser nomeado “Homem do Ano” da Decanter – o segundo foi o falecido Giacomo Tachis, enólogo da Antinori, que foi homenageado em 2011.

 

7. Tudo em família

Vinícola Marchesi Antinori
Vinícola Marchesi Antinori

Piero Antinori é irmão de Lodovico Antinori, o mentor por trás de Ornellaia e Masseto – dois outros super-toscanos notáveis ​​que desempenharam um papel significativo na remodelação da indústria vinícola italiana.

 

8. O nome está embutido em toda a Toscana

Antinori possui várias outras propriedades de vinhedos em toda a região, incluindo Firenze, Bolgheri, Montalcino e Orvieto, bem como um punhado de outras propriedades em Chianti Clássico. Embora o vinícola possa ser responsável por dezenas de vinhos, Tignanello e Solaia continuam suas estrelas, com uma produção anual de apenas 20.000-30.000 e 3.000-7.000 caixas, respectivamente.

 

9. A adega Antinori é simplesmente deslumbrante

Uma curiosidade super interessante é que parte da terra que foi retirada durante a fase inicial do projeto, foi usada na produção dos tijolos de terracota usados no próprio edifício. Alta tecnologia e arquitetura de tirar o folêgo.

A Moderna Vinícola Antinori
A Moderna Vinícola Antinori

Concluída no final de 2012, a Vinícola Antinori, de 50.000 metros quadrados, foi concebida como um edifício invisível cujo corpo se funde com as dobras da encosta. O telhado escalonado é inteiramente coberto por terras agrícolas e um par de aberturas fatiadas preenchidas com vidro são as únicas coisas que revelam a presença da estrutura. Os níveis mais baixos são dedicados ao armazenamento e produção de vinho, enquanto o nível superior contém instalações para visitantes que incluem um museu, uma biblioteca, um auditório e áreas para degustação de vinhos e compras. Sua criação marcou a primeira vez que a Antinori foi aberta ao público.

 

10. O custo-qualidade é fantástico

Apesar de sua aclamação global arrebatadora, Tignanello de Antinori representa um valor surpreendente, considerando que é frequentemente elogiado junto a nomes de Bordeaux First Growths. O Solaia tem preços ligeiramente mais altos, em grande parte devido ao seu menor volume de produção, mas novamente é uma pechincha quando se leva em conta sua reputação reverenciada e aclamação da crítica.


Agende sua visita na Vinícola Antinori Nel Chianti Classico

 

Vinícola Antinori Degustação de Vinhos Italianos
Vinícola Antinori Degustação de Vinhos Italianos

Faça sua reserva online e confira o horário de funcionamento atualizado da vinícola Antinori nel Chianti Classico através site oficial.

..

Para você que acompanha nosso blog, criamos um cupom com 10% de desconto nos vinhos Antinori para utilizar aqui no site.

Digite BLOGROOTS no carrinho e ganhe! Conheça nosso estoque de vinhos Antinori.

 

Share this post

Comments (20)

  • Juliana Reply

    Muito bom! Excelente vinhos, bela hstória!

    29 de dezembro de 2020 at 19:13
  • JOAO MOACIR MUSSIO Reply

    Que pena não saber dessa maravilha.
    Teríamos feito uma visita quando estivemos na Toscana em Fevereiro de 2020.

    30 de dezembro de 2020 at 06:35
    • Juliana Tudgay Reply

      Na próxima visita já fica no itinerário né João Moacir?

      5 de janeiro de 2021 at 14:39
  • REGINA A. PEREIRA Reply

    Parabéns Juliana, amei a matéria, sempre provando que o trabalho e a perseverança tem recompensas.

    30 de dezembro de 2020 at 07:22
    • Juliana Tudgay Reply

      Obrigada Regina, que bom te ver por aqui!

      5 de janeiro de 2021 at 14:38
  • Roberto Reply

    Os Vinhos Antinori são incríveis e essa vinícola mais ainda!

    31 de dezembro de 2020 at 10:02
  • Dario Mandarino Reply

    Fantástica Vinícola com um excelente restaurante no teto da vinícola cercado por um vinhedo que cobre todo o teto da vinícola. Recomendo visitar.

    31 de dezembro de 2020 at 11:33
  • Nadir Antonio Mussio Reply

    Com essa trajetória de tradição e experiência o resultado só poderia ser de vinhos de alta qualidade. Parabéns Juliana por nos brindar com a história e oportunidade de conhecer os vinhos Antinori.

    1 de janeiro de 2021 at 00:15
    • Juliana Tudgay Reply

      Oi Nadir, obrigada, é sempre bom falar de vinhos de tradição e qualidade!

      5 de janeiro de 2021 at 14:38

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.


Iniciar Conversa
Precisa de ajuda?
Hey! Aqui é o Marco.

Como posso te ajudar?